Hospital Estadual no Rio oferece aulas de kickboxing para idosos


Aulas são ministradas pelo ex-lutador Jorge Turco. Usuários do Centro Dia ganharam uma academia para a terceira idade.


O Hospital Estadual Eduardo Rabello, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio, aderiu a prática de lutas na rotina dos pacientes, em sua maioria, idosos, que frequentam o Centro Dia da unidade. Desde o início de junho, eles recebem aula de Kickboxing, um tipo de luta baseada em chutes e socos. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde do Rio, essa é uma parceria do hospital com a ONG Lutando Por Vidas e as aulas são ministradas pelo ex-lutador Jorge Turco. É a primeira vez que Jorge, campeão brasileiro de Kickboxing em 1998, trabalha com idosos. E as diferenças na vida e na saúde deles já são visíveis.

"A luta aproxima os avós dos seus netos, que estão fascinados com o MMA e os ídolos atuais, como Anderson Silva. Certamente veremos algumas aulas com pequenos acompanhantes e a nossa pretensão é que os alunos façam exames de faixa antes do final do ano", disse Turco, em nota enviada pela secretaria



Dos 30 alunos que fazem as aulas duas vezes na semana, uma das mais animadas e aplicadas é a aposentada Marlene Izabel da Costa Branco. Com 70 anos de muita energia, ela aprende com afinco os novos golpes. Mas a luta não é algo novo para Marlene, trata-se de uma paixão antiga. A aposentada já havia praticado judô e é fascinada por filmes de luta.

"Passei a minha vida inteira fazendo exercícios e mesmo envelhecendo não seria diferente. Não podia imaginar que o Centro Dia teria aulas de luta, estou feliz porque faço as atividades que mais gosto aqui. Estou adorando", comemorou a aposentada.

Diferente de Marlene, a aposentada Iara Rocha Corado, de 85 anos, está conhecendo as artes marciais. Depois de desfilar como modelo, dançar e fazer ginásticas, Iara vê nas aulas de Kickboxing mais um meio de tornar a vida mais leve. "Eu moro em Realengo, mas sempre pego o ônibus para vir para cá. O Centro Dia me oferece inúmeras atividades, mas nunca imaginei que fosse fazer aula de Kickboxing. Uma boa surpresa porque gostei muito da aula. Vou continuar fazendo", disse Iara. Além das aulas de luta, os usuários do Centro Dia também ganharam um reforço especial para manter a forma. No final de maio, a unidade ganhou uma Academia da Terceira Idade (ATI). Trata-se da primeira unidade na rede estadual de saúde, uma parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde e a Secretaria de Estado de Envelhecimento Saudável e Qualidade de vida.

"Os equipamentos são adaptados aos idosos para que eles façam movimentos leves, prevenindo lesões nas articulações. A abertura desta academia significa que estamos investindo cada vez mais na qualidade de vida de nossos pacientes", explicou o diretor do Hospital, Edson Mendes Nunes.

2 visualizações0 comentário

INSTITUTO BRASILEIRO LPV

Avenida Aldo Botelho, 273 - Campo Grande Rio de Janeiro - Cep: 23.055-630.

Email: lutandoporvidas@gmail.com

Telefone: 55 21 - 3259-7200

WhatsApp: 55 21 98329 7770

Cadastre em nosso Site

© 2021 - Instituto Brasileiro Lutando por Vidas